The Lost Sisterhood – Anne Fortier

Sou uma fã da Anne Fortier desde que li Julieta. E ao terminar A Irmandade Perdida só fiquei mais apaixonada pelo trabalho da autora, que mesmo tendo uma fórmula para seus livros, consegue encantar o leitor e prendê-lo durante inúmeras páginas.
Em The Lost Sisterhood (A Irmandade Perdida), conhecemos Diana Morgan, uma professora da Universidade de Oxford e que tem uma fascinação pela lenda das Amazonas, já que sua avó, antes de desaparecer, costumava dizer que era uma. Sua obsessão pelo tema costuma ser motivo de piada no meio acadêmico, mas um dia ela acaba recebendo uma proposta para uma pesquisa e que parece ter tudo a ver com seu estudo pessoa.
Como o primeiro livro da Fortier, esse mescla duas histórias que aos poucos vão se conectando. O leitor vai a cada página querendo entender melhor as histórias do passado e do presente e como elas vão se relacionar de fato.
A narrativa é frenética e prende ao leitor, ao mesmo tempo que é cheia de informações históricas (mesmo que existam diversos fatos alterados). Diversas cidades são cenários para na trama da Anne Fortier e maneira como ela retrata cada lugar instiga o leitor a tentar entender o ambiente.
Um dos pontos importantes é como o livro tem um ótimo protagonismo feminino, tão necessário na literatura. São mulheres complexas, fortes, com diversas dualidades. Simplesmente humanas e bem representadas.
Se você ainda não teve a oportunidade de ler nada da autora, pode ler The Lost Sisterhood porque vale a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *